Início > ARTIGOS LaSalle Jr (Gestão 02/2009) > A Importância da Consultoria

A Importância da Consultoria

Quais são as motivações que levam uma pessoa a abrir seu próprio negócio? Dentre elas estão: a vontade de realizar um sonho e sentir auto-realizado e independente, tomando decisões autonomamente; o lucro; a busca por novos desafios e até mesmo uma falta de alternativa devido à perda de emprego.

Ao decidir empreender, você deve pensar como seria sua vida daqui a um tempo, e por isso essa não é uma decisão momentânea, mas que demanda tempo e, sobretudo, comprometimento.

Segundo o site Cherto.com.br encontramos muitas pessoas que resolvem empreender, saem de seus empregos e montam seu próprio negócio usando seu Fundo de Garantia. Todos eles dedicam muito tempo, esforço e dinheiro, mas não conseguem fazer sua empresa sobreviver, e claro, acabam perdendo os investimentos feitos. Muitos chegam, inclusive, a fazer grandes empréstimos – o que torna sua “falência” um grande desastre na sua vida, inclusive pessoal.

Além disso, segundo pesquisas do SEBRAE e Endeavor, 95% das empresas fecham suas portas antes de 5 anos; 73% delas em menos de 3 anos e o motivo principal é a falta de conhecimentos e práticas nas áreas de gestão, marketing e vendas.

Por isso, os melhores empreendedores são aqueles que planejam suas ações antes de executar tarefas, pois levam em conta que o planejamento é o passo inicial para o sucesso, pois ajuda na adequação às mudanças do contexto e antecipa soluções para os possíveis obstáculos. É como uma viagem em família: precisamos escolher o lugar de destino, definir quanto precisamos de dinheiro para as passagens e para alimentação, assim como escolher onde se hospedar, etc. Isso também é planejar para o melhor bem-estar, garantia de conforto e para não se deparar com surpresas.

Mas, então, como se planejar para abrir um negócio?

Nesta fase de grande evolução do mercado e da concorrência o empreendedor precisa de ajuda nas áreas críticas para o crescimento da sua empresa, ou seja, na parte administrativa, financeira, RH, marketing e vendas. Por isso, o chamado Plano de Negócios serve como um guia que orienta o empreendedor através de informações relevantes quanto ao ramo do negócio e o Estudo de Mercado, que se baseia, sobretudo, no estudo dos consumidores e dos concorrentes. Segundo o site Portal do Marketing, constitui um instrumento que permite ao futuro empresário estruturar a sua política comercial.

[Joana Barcelos]

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: